cenografia

teatro – não vamos pagar!

cartaz-nao-vamos-pagar-nada

 

 

Fiz a cenografia e todo o design da peça Não Vamos Pagar!  (montei o site também)

É daqueles projetos que tem um pensamento completo sobre a obra. Um texto incrível do italiano Dario Fo, direção precisa de Inez Vianna, e um elenco de alto nível: Virginia Cavendish, Marcelo Valle, Zéu Britto, Luana Martau, Fabrício Belzoff.
Já passou com sucesso pelo interior de São Paulo no circuito SESI e fica até final de Novembro no CCBB-RJ.

Captura-de-Tela-2014-11-04-às-02.30.38 _folder

folder-poster-ccbb _cartaz-folder

site-naovamospagar _site da peça – www.naovamospagar.com.br

Captura de Tela 2015-06-30 às 11.04.23 _proposta cenário (pdf)



 

cenário da peça pedro e o capitão

Belíssimo convite que recebi do diretor Marcos Loureiro. A peça do uruguaio Mario Benedetti se passa num período de ditadura militar. Um preso político que está sendo torturado é levado para uma sala onde é interrogado por um militar. O texto é muito bom e foi um processo incrível imaginar esse cenário – que, aliás começou a brotar de  Ikiru do Akira Kurosawa, filme que se passa num ambiente burocrático kafkiano.

Maria Fernanda Vomero publicou uma excelente crítica/leitura da peça na revista Época

rdzDSC07464 rdzDSC07451 rdzDSC07448 rdzDSC07440 rdzDSC07435 rdzDSC07434 rdzDSC07433 rdzDSC07432 rdzDSC07431 rdzDSC07430 rdzDSC07428 rdzDSC07427 rdzDSC07426 rdzDSC07471 rdzDSC07472 rdzDSC07474 rdzDSC07475

palavras cruzadas – leo cavalcanti | omar salomão | paulo mendel

Espetáculo que criamos – Leo Cavalcanti, Paulo Mendel e eu – para três apresentações (31/08 – 02/09/2012) no Oi Futuro de Ipanema, dentro do projeto Palavras Cruzadas. Ao longo dos encontros para discutirmos o que fariamos no palco, que começamos a construir a estética e texturas da cena. Eu e Mendel fomos afinando, pensando os vídeos e relações de cena com o cenário, posições, usos e possibilidades. O cenário com grandes folhas de papel e de acetato penduradas, formando camadas-escamas que serviam de suporte para projeções.

2012-08-27-17.49

O cenário se transformava/desmontava durante o show ganhando diferentes aspectos e formatos, as projeções saídas do chão do palco, ganhavam as paredes do teatro. Pra ver uns vídeozinhos que fizeram: aqui.

As fotos abaixo são do Tomás Rangel.

foto01

foto03 foto04 foto11 foto14 foto18 foto19 foto21 foto22 foto24 foto27 foto29 foto32 foto33 foto37